Sabia que nozes possuem efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios?

Populares na mesa dos brasileiros na época do natal, as oleaginosas podem reduzir o risco de doenças cardiovasculares e o declínio cognitivo. Por isso, é bom pensar em consumi-las durante todo o ano – cruas, como um lanche entre as refeições, ou adicionadas a diferentes receitas.

Além de características antioxidantes, possuem presença de vitamina E, melatonina e polifenóis. Também são fontes de vitaminas como ácido fólico (B-9), piridoxina (B-6), tiamina (B-1), e minerais, caso de zinco, cobre e manganês. Ainda apresentam níveis elevados de fibras e gorduras poli-insaturadas, dos tipos ômega-3 e ômega-6. Todos esses nutrientes e compostos bioativos atuam em sinergia para promover os benefícios que incluem redução de inflamação e menor risco de doenças relacionadas a esse processo, tais como diabetes tipo 2, problemas cardiovasculares, Alzheimer e alguns tipos de câncer.

Pesquisadores espanhóis estudaram por dois anos o efeito do consumo diário de nozes e a prevenção do declínio cognitivo em 708 idosos saudáveis, com idade entre 63 e 79 anos, divididos em dois grupos: um recebeu de 30 a 60 gramas de nozes diariamente. O outro não consumiu a oleaginosa. Todos os participantes foram acompanhados com testes cognitivos e exames de ressonância magnética, que avalia, por meio de imagens, alterações ocorridas no cérebro. Os investigadores não verificaram diferença significativa entre os grupos estudados quanto aos testes cognitivos, porém observaram que o subgrupo de indivíduos que não consumiram as nozes apresentou declínio cognitivo mais acentuado que aqueles que ingeriram o alimento.

Os autores foram cautelosos ao destacar que mais estudos são necessários para confirmar esses achados. Por outro lado, os benefícios cardiovasculares atribuídos às nozes já estão bem consolidados na literatura científica, e se relacionam, principalmente, à presença do ácido graxo ômega-3 em sua composição. As fibras fornecidas pelas oleaginosas e a utilização delas por bactérias da microbiota intestinal também podem estar relacionadas à melhora nos fatores de risco para as doenças do coração.

Ainda não sabemos exatamente a quantidade de nozes que devem ser consumidas diariamente para essas finalidades, mas o fato é que vale a pena incluí-las na alimentação!

Fonte

Compartilhar:

0 Comments

Get In Touch

Contact form submitted!
We will be in touch soon.

Sobre a Intolerância Alimentar

Disponibilizamos o acesso a informações que poderão auxiliá-lo no entendimento sobre reações adversas a alimentos, como hipersensibilidade ou intolerância alimentar imunomediada.
Atualmente cerca de 45% da população sofre com sintomas relacionados à intolerância alimentar e tal assunto é pouco discutido. Quando identificada ( a intolerância alimentar), o tratamento pode melhorar a qualidade de vida e bem estar do ser humano consideravelmente.

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.

Encontre-nos no Facebook

BY ASTERISCO - Todos os direitos reservados

Fale Conosco pela Cris
Fale Conosco pelo WhatsApp