Agrião é o vegetal que contém maior densidade de nutrientes
Sabemos que as frutas e os vegetais são bons para nós e para nossa saúde – mas quanto? Uma nova tabela classificatória que apresenta a densidade de nutrientes de diferentes frutas e legumes acaba de ser elaborada por especialistas em dieta do William Paterson University, de New Jersey, EUA: destaque para o agrião, primeiro colocado. O trabalho foi publicado na revista CDC Preventing Chronic Disease.

Eles testaram 47 frutas e legumes diversos para avaliar os seus níveis de 17 nutrientes que são geralmente considerados de grande importância para a nossa saúde. A pontuação foi baseada na porcentagem de necessidades diárias de uma pessoa para cada nutriente que o alimento proporciona.

Os alimentos foram classificados por seu conteúdo de potássio, fibras, proteínas, cálcio, ferro, tiamina, riboflavina, niacina, ácido fólico, zinco e vitaminas A, B6, B12, C, D, E e K. O agrião alcançou a pontuação máxima (100), seguido pela couve (49,07), brócolis (34,89) e tomate (20,37).

Os escores foram controlados para garantir que uma fruta ou vegetal que fornecesse uma enorme quantidade de apenas um único nutriente não recebesse uma alta e desproporcional pontuação. O estudo assumiu uma dieta de 2.000 calorias por dia e 100g de cada alimento consumido em seu estado bruto. Seis alimentos que não obtiveram escores suficientes para figurar na lista foram as framboesas, tangerinas, cranberries, alho, cebola e mirtilos.

Acredita-se que o agrião também possua propriedades medicinais e contenha particularmente níveis elevados de vitamina K, a qual é importante para a nossa saúde óssea, e vitamina A, responsável pela manutenção da visão. Além disso, possui compostos em glucosinolatos, verificados como potenciais anticancerígenos.

Os especialistas afirmam que também vale a pena salvar a água em que eles são cozidos – pois ela é permeada de nutrientes – e reutilizá-la em sopas e molhos.
Compartilhar:

0 Comments

Get In Touch

Contact form submitted!
We will be in touch soon.

Sobre a Intolerância Alimentar

Disponibilizamos o acesso a informações que poderão auxiliá-lo no entendimento sobre reações adversas a alimentos, como hipersensibilidade ou intolerância alimentar imunomediada.
Atualmente cerca de 45% da população sofre com sintomas relacionados à intolerância alimentar e tal assunto é pouco discutido. Quando identificada ( a intolerância alimentar), o tratamento pode melhorar a qualidade de vida e bem estar do ser humano consideravelmente.

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.

Encontre-nos no Facebook

BY ASTERISCO - Todos os direitos reservados

Fale Conosco pela Cris
Fale Conosco pelo WhatsApp